As minhas compras
O seu cesto está vazio.
Adicione produtos ao seu cesto.
Os meus favoritos
Não perca os seus favoritos!
para guardá-los e gerir diferentes listas.
(0 artigos)
A lista de produtos favoritos está vazia.
Adicione produtos aos seus favoritos.
Ódios de Fronteiras
Favorito
Ódios de Fronteiras
Papel
18,00
ComprarComprar
Ebook
5,00
ComprarComprar

Detalhe
Editora:
Primeiro Capítulo
Data de publicação:
2023-05-11
Páginas:
454
ISBN:
978-989-37-5322-4
Género:
Ficção
Idioma:
PT
Sinopse

Este romance, baseado em factos reais mas intencionalmente ficcionado quanto aos protagonistas e aos lugares, é uma metáfora dos ódios latentes numa sociedade portuguesa caraterizada por barreiras vivenciais, psicológicas e emocionais decorrentes da marcada estratificação social entre as gentes do povo e as famílias abastadas da província, e em que a religião e a sua moral exercem um poder de acomodação à subserviência e à pobreza dos primeiros, condições garantidas, em última instância, pela mão perseguidora e educadora do regime. Anastácio Puga personifica o filho do caseiro da Quinta de Além da Ponte que se aventura numa saída a salto para o Luxemburgo, em fuga às paupérrimas perspetivas de futuro, ao rígido jugo do pai Américo, ao serviço militar e à possível mobilização para a guerra do ultramar. O rapaz acaba por ser preso, interrogado e torturado nas instalações da Direção Geral de Segurança – Porto, tal como os dois amigos fugitivos que o acompanhavam. Contra a vontade de Ana Amélia – a Senhora da Casa de Além da Ponte – e do seu filho João – o mais novo da aristocrática família Queiroz – Anastácio casa à pressa com o seu amor de sempre, a criada Rosa Maria, depois de esta engravidar precocemente, e com ela faz a sua vida na Quinta. Emanuel Queiroz – o ubíquo Senhor Engenheiro da Quinta – tem um papel decisivo neste desfecho, tal como em tudo o que acontece na família, mas fica nas mãos da implacável esposa quando tem de lhe admitir o adultério com a mãe de Rosa, a quem comprara o silêncio quando a expulsou da Casa com a filha no ventre. Marcos, o filho mais velho da linhagem Queiroz, enquanto tenente miliciano, comandou operações de massacre de populações em Moçambique e, por este motivo, abandonou a vida militar e tornou-se opositor do regime, participando, inclusive, no Congresso da Oposição Democrática, em Aveiro, em abril de 73, dissidência que lhe valeu o cárcere em Caxias. Eurico Padeiro, o narrador, que em vão esperou Anastácio no Luxemburgo, onde lhe teria proporcionado um nível de vida que ele nunca alcançou em Além da Ponte, desvenda, no final, a morte precoce do amigo e a ocupação do lugar de caseira da Quinta pela viúva Rosa Maria.

Leituras semelhantes
Nomes que contam
Favorito
Nomes que contam
Paulo Castro
10,00
A culpa é da expectativa
Favorito
A culpa é da expectativa
Joana Burnay
13,00
Darkblade e a caixa de Pandora
Favorito
Darkblade e a caixa de Pandora
Nightevermoon
27,00
SÚCUBOS
Favorito
SÚCUBOS
Leandro Ferreira
14,00
MARIA – Cativa-me e o Jogo Será Meu
Favorito
MARIA – Cativa-me e o Jogo Será Meu
Dina Santos
17,00
O Segredo do Rei
Favorito
O Segredo do Rei
(n/d)
20,00
Os Sapatos do Espantalho - Crônicas de um economista em tempos de pandemia e pandemônio
Favorito
Os Sapatos do Espantalho - Crônicas de um economista em tempos de pandemia e pandemônio
PetronioPortella Filho
16,00
Amar-te sem saberes que te amo
Favorito
Amar-te sem saberes que te amo
João Miranda
14,00
O Piano da Avó – Vol. I
Favorito
O Piano da Avó – Vol. I
Júlio Calaça
22,00
O último sopro
Favorito
O último sopro
Marília Rosado
12,00
Um passado sempre presente
Favorito
Um passado sempre presente
Antonello Visi
14,00
Kyve e o Sorriso Que Só Ela Recebia
Favorito
Kyve e o Sorriso Que Só Ela Recebia
K.C. Sousa
14,00
Pague de forma seguraPague de forma segura:
Receba em primeira mão
As nossas ofertas e novidades literárias