As minhas compras
O seu cesto está vazio.
Adicione produtos ao seu cesto.
Os meus favoritos
Não perca os seus favoritos!
para guardá-los e gerir diferentes listas.
(0 artigos)
A lista de produtos favoritos está vazia.
Adicione produtos aos seus favoritos.
Um conto do além-pintura ou QUEM GANHAR TEM RAZÃO?
Favorito
Um conto do além-pintura ou QUEM GANHAR TEM RAZÃO?
Papel
18,00
ComprarComprar
Ebook
5,00
ComprarComprar

Detalhe
Editora:
Astrolábio Edições
Data de publicação:
2022-03-21
Páginas:
50
ISBN:
978-989-37-2905-2
Género:
Ficção
Idioma:
PT
Sinopse

Os erros que, na vida, pensamos cometer, por vezes apontam para sonhos ocultos de que não somos conscientes. Em sonhos, podemos fazer o que quisermos. Os erros não existem. Quando se dão, não causam danos reais. Ao acordar, porém, tudo é como antes... ou quase tudo.


Os seus olhos são intensos e inocentes e penetram-me até que, como se me esmagasse com o poder do olhar, já não aguento. Caio do espaço e do tempo para dentro do olhar desta estranha criança... Sem fôlego, procuro qualquer pensamento sensato a que me agarrar, mas todas estas tentativas são em vão... Mergulho no vazio de uma caverna aparentemente interminável... Nesta queda frenética, em desespero e sem saída, vou-me dando conta de que é preciso abdicar de todo o controlo e no final entrego-me, completa e incondicionalmente.


Singelamente flutuo para dentro dele, para um corredor que vai escurecendo, cada vez mais, até que uma noite absoluta me envolve como um pano de veludo preto. Depois, o pano levanta-se... como se fosse o pano pelo qual as grandes mãos de um ilusionista fazem aparecer uma pomba ou um coelho branco... E eu saio de entre estas mãos e posso ver todos os estandartes, e através deles também um lugar indefinível, sem contornos claros, onde as sombras flutuam muito lentamente umas sobre as outras como numa dança de

cavalos-marinhos... Depois, estas sombras escuras dividem-se em partes cada vez mais pequenas, pretas e cinzentas, em diferentes tonalidades de azul e verde... Ao mesmo tempo, o espaço também se divide em pequenas formas luminosas de amarelo, rosa e prata

De início, todas estas formas se movem lenta e desordenadamente. Depois agrupam-se, vivas como um enxame de borboletas a perseguirem-se umas às outras, de forma lúdica, num jogo entre espaço e forma, e forma e espaço... São acompanhadas por uma música irónica, sem ritmo fixo, de oboé, cravo, clarinete, flauta, sinos inesperados... Uma borboleta escura pousa no meu antebraço. Olhando para ela, descubro que nas suas asas está escrita a palavra CONSENSO. Uma borboleta brilhante pára a seu lado. Nas suas asas posso ler: IMPREVISIBILIDADE.

Uma vez mais, a dança abranda e as borboletas mais escuras juntam-se no centro da sala. As brilhantes e luminosas, à sua volta, remodelam o espaço. Assim surge uma única figura, escura e vibrante: o Mago. Volta-se para mim, como se tivesse rosto, e olha-me nos olhos, embora o olhar consista apenas em escuridão, intensa e profunda.... É um nada que parece familiar, e dele, depois, também emerge algo que me resulta familiar...

Leituras semelhantes
Cartas de Amor e Sonhos - O Besouro e a Borboleta
Favorito
Cartas de Amor e Sonhos - O Besouro e a Borboleta
Carlos Eduardo Gomes Ribeiro
12,00
Amor embaraçado
Favorito
Amor embaraçado
Joaquim Souza
13,00
Invisível para mim mesmo, antes do presente
Favorito
Invisível para mim mesmo, antes do presente
Maurício J. D. Martins
12,00
Amendoeira em flor
Favorito
Amendoeira em flor
Francisco Pardal
15,00
O Homem Canónico
Favorito
O Homem Canónico
Dinis Monteiro
14,00
A herança do sol
Favorito
A herança do sol
Silveira Borges
14,00
Recomeço - Porque mereces ser feliz!
Favorito
Recomeço - Porque mereces ser feliz!
Rui Alexandre Oliveira
13,00
Pôr Na Grafia
Favorito
Pôr Na Grafia
João Fontes da Costa e Vera Margarida Cunha
14,00
Conversas com o Além... – Um rapper do outro mundo
Favorito
Conversas com o Além... – Um rapper do outro mundo
Paulo Ribeiro
17,00
Trilogia do descabido
Favorito
Trilogia do descabido
Bárbara Araldi Tortato
20,00
O posto vazio
Favorito
O posto vazio
Antonio Piotti
13,00
Nos olhos de uma lágrima
Favorito
Nos olhos de uma lágrima
Leonor de Matos Pereira
12,00
Pague de forma seguraPague de forma segura:
Receba em primeira mão
As nossas ofertas e novidades literárias