As minhas compras
O seu cesto está vazio.
Adicione produtos ao seu cesto.
Os meus favoritos
Não perca os seus favoritos!
para guardá-los e gerir diferentes listas.
(0 artigos)
A lista de produtos favoritos está vazia.
Adicione produtos aos seus favoritos.
Encarar o futuro de frente
Favorito
Encarar o futuro de frente
Papel
15,00
ComprarComprar
Ebook
5,00
ComprarComprar

Detalhe
Editora:
Lisbon International Press
Data de publicação:
2022-04-19
Páginas:
288
ISBN:
978-989-37-3499-5
Género:
LISBON PRESS
Idioma:
PT
Sinopse

Este livro reúne os artigos que publiquei de Dezembro de 2017 a Fevereiro de 2022 nos jornais online Observador, Eco e Diário do Distrito. Neles, transmito a minha visão sobre Portugal, tratando de temas tão diversos como saúde, mobilidade social, crescimento económico, pandemia, natalidade ou politicamente correcto. Existe uma ideia que perpassa por todos eles: Portugal não está condenado à pobreza e os portugueses podem e devem exigir mais de quem os governa, mas para isso têm de exigir mais de si próprios.

A herança deixada por António Costa e pelo seu governo será pesada, pois Portugal é hoje um país mais pobre, onde as desigualdades se acentuaram, sobretudo quando comparamos o interior ao litoral, sendo que, ao mesmo tempo, temos hoje instituições mais frágeis e menos independentes.

Portugal está há vinte anos em estagnação económica, isto por si só diz pouco à maioria dos portugueses, mas significa que Portugal não tem dinamismo empresarial, logo, não cria empregos, o que tem como consequência a emigração, agora não só dos menos qualificados, como também daqueles com mais qualificações, como médicos, enfermeiros ou engenheiros aeronáuticos. Um país como Portugal não se pode dar ao luxo de perder os melhores. Se isso acontecer, seremos um país ainda mais pobre, porque o nosso melhor recurso são as pessoas.

O país depara-se com desafios enormes, um dos principais será a baixíssima taxa de natalidade do país, que trará efeitos devastadores em todos os sectores da sociedade, mas sobretudo na segurança social e na saúde. O sentido de urgência é vital para que se tomem as medidas que se impõem nesta matéria.

Este é o momento para os decisores políticos encararem o futuro de frente. Este é o meu contributo para o futuro de Portugal.


Leituras semelhantes
Introdução às políticas sociais africanas
Favorito
Introdução às políticas sociais africanas
Julien Bokilo
14,00
EM DEFESA DA LÍNGUA GESTUAL PORTUGUESA ENQUANTO LÍNGUA DA COMUNIDADE SURDA
Favorito
EM DEFESA DA LÍNGUA GESTUAL PORTUGUESA ENQUANTO LÍNGUA DA COMUNIDADE SURDA
Filipe Venade de Sousa
15,00
Desenrolando experiências e vivências psi
Favorito
Desenrolando experiências e vivências psi
Caio Yudji
17,00
Contra a resignação
Favorito
Contra a resignação
Defensor Moura
15,00
Tudo o que deve saber sobre a Amazon e como vender com sucesso
Favorito
Tudo o que deve saber sobre a Amazon e como vender com sucesso
Paulo Rui Lima
17,00
UM CALENDÁRIO POSSÍVEL (E MELHOR) PARA O NOSSO FUTEBOL
Favorito
UM CALENDÁRIO POSSÍVEL (E MELHOR) PARA O NOSSO FUTEBOL
Guilherme Manzano Barbosa
22,00
Eficiência do Setor Bancário e os seus determinantes: O caso de Cabo Verde
Favorito
Eficiência do Setor Bancário e os seus determinantes: O caso de Cabo Verde
Tiago dos Santos
15,00
Cartas de soror Mariana Alcoforado
Favorito
Cartas de soror Mariana Alcoforado
Leonel Borrela
16,00
A Influência do Pensamento Estratégico do Almirante Silva Ribeiro nas forças e serviços de segurança: hibridização
Favorito
A Influência do Pensamento Estratégico do Almirante Silva Ribeiro nas forças e serviços de segurança: hibridização
José Cardoso
12,00
Ágil Mindset - a capacidade de se adaptar rapidamente  às mudanças e desafios com compromisso e colaboração
Favorito
Ágil Mindset - a capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças e desafios com compromisso e colaboração
Conceição Gonçalves
14,00
O pequeno manual de sobrevivência do consultor imobiliário
Favorito
O pequeno manual de sobrevivência do consultor imobiliário
Ana Catarina de Melo Batista Nunes
12,00
Bienal de Cerveira (1978 a 2007) Memória e Singularidade
Favorito
Bienal de Cerveira (1978 a 2007) Memória e Singularidade
Margarida Barbosa Leão
28,00
Pague de forma seguraPague de forma segura:
Receba em primeira mão
As nossas ofertas e novidades literárias