As minhas compras
O seu cesto está vazio.
Adicione produtos ao seu cesto.
Os meus favoritos
Não perca os seus favoritos!
para guardá-los e gerir diferentes listas.
(0 artigos)
A lista de produtos favoritos está vazia.
Adicione produtos aos seus favoritos.
Bandas Sonoras -100 Retratos na Música Portuguesa
Favorito
Bandas Sonoras -100 Retratos na Música Portuguesa
Papel
25,00
ComprarComprar

Detalhe
Editora:
Chiado Books
Data de publicação:
2013-11-01
Páginas:
216
ISBN:
978-989-51-0839-8
Colecção:
Mais que Mil Palavras
Género:
Não-Ficção
Sinopse

Os sentidos não são divisões estanques, de paredes grossas, sem portas. Na verdade, os sentidos não têm sequer paredes a separá-los. O único lugar onde surgem divididos é na linguagem e, se o fazemos, é por preguiça analítica.

Quando se sente o paladar de um prato, é evidente que o olfacto faz parte desse instante e os olhos, claro, também comem. Este cruzamento de sentidos está em tudo, faz parte da própria experiência de se ser humano. A música, aparentemente um espaço sonoro, tem uma dimensão visual imprescindível. E nem é necessário argumentar com o enorme investimento que todas as boas bandas fazem nessa área (mesmo quando se trata de uma negligência estudada, um penteado despenteado com todo o cuidado). Aquilo que sabemos da música e, por consequência, daquele que a criou ou interpreta, entra pela música adentro.

Se possível, fixamos os olhos de quem nos canta para lhe avaliarmos a sinceridade. Também a comunicação não é compartimentada, é uma só, feita de estar e de ser. Mas nada disto é segredo para quem já esteve num palco diante de cinquenta ou de cinquenta mil.

Com frequência, ao longo de anos, o olhar de Rita Carmo sustentou o olhar de muitos. As imagens que se seguem contam essa história, paralela a muita cumplicidade evidente, amizade, gente contemporânea a partilhar um mesmo tempo e um mesmo espaço, este país. Talvez uma das histórias possíveis da música portuguesa.

Em si, cada imagem é uma história. Essa é a natureza de estarmos vivos num determinado instante. Há o passado que levou cada indivíduo até ali e há a enorme promessa de futuro que, naquele ponto, raramente é considerada na sua totalidade. Nós, com tempo, exteriores, espectadores, temos essa vantagem reflexiva.

A fotografia, já se sabe, é um instante. Mas o mundo existe inteiro em todos os momentos. Os grandes fotógrafos são capazes de conter toda a complexidade desse instante numa imagem. Parece um milagre, mas é simples e natural. As fotografias que se seguem também são para ouvir. Estão cheias de música.

José Luís Peixoto, Outubro 2013

Leituras semelhantes
Cabala - Descodificação Psicológica da Árvore da Vida
Favorito
Cabala - Descodificação Psicológica da Árvore da Vida
Paula Tavares Amaral
27,00
Anedotas da Culinária Internacional
Favorito
Anedotas da Culinária Internacional
Pascale Malinowski
15,00
Ultramar, um outro olhar e a mulher, poemas, contos e fantasias adultas  do politicamente não correto
Favorito
Ultramar, um outro olhar e a mulher, poemas, contos e fantasias adultas do politicamente não correto
Etelvino Gabriel
14,00
Desperdício amoroso
Favorito
Desperdício amoroso
MANUEL SANTOS
13,00
A Outra Verdade
Favorito
A Outra Verdade
António Garcia de Oliveira
22,00
O Anarquicamente Correto
Favorito
O Anarquicamente Correto
Marchezoni Oliveira
11,00
AUTISMO - O amor tudo vence
Favorito
AUTISMO - O amor tudo vence
Helena Dias
15,00
Vidas Passadas
Favorito
Vidas Passadas
CLARA ANSELMO
14,00
Retrato da Região do Douro
Favorito
Retrato da Região do Douro
Damião Vasco De Sousa Almeida Salvador
18,00
Farol das palavras - O deserto entre nós
Favorito
Farol das palavras - O deserto entre nós
Amanda Lopes
19,00
O interior de uma adolescente
Favorito
O interior de uma adolescente
Carolina Monteiro
13,00
Agenda das Mães Reais
Favorito
Agenda das Mães Reais
Susana Marlene De Carvalho Morais
18,00
Pague de forma seguraPague de forma segura:
Receba em primeira mão
As nossas ofertas e novidades literárias