As minhas compras
O seu cesto está vazio.
Adicione produtos ao seu cesto.
Os meus favoritos
Não perca os seus favoritos!
para guardá-los e gerir diferentes listas.
(0 artigos)
A lista de produtos favoritos está vazia.
Adicione produtos aos seus favoritos.
Cartas para a tua ausência
Favorito
Cartas para a tua ausência
Papel
12,00
ComprarComprar
Ebook
5,00
ComprarComprar

Detalhe
Editora:
Poesia Impossível
Data de publicação:
2022-09-26
Páginas:
76
ISBN:
978-989-37-4416-1
Género:
Poesia
Idioma:
PT
Sinopse

Cartas para a Tua Ausência é um livro de poemas carregados de afectos e emoções. Estes contam a história de um período em que as palavras são o escape da solidão da autora.

Os poemas são assim “cartas” destinadas não a alguém, mas à ausência de alguém, logo não são escritas para um ex-amante, mas antes à própria autora, num monólogo que vai sendo traça­do pelas asas da imaginação.

Sucedem-se neste livro conjuntos de poemas numa ordem su­cessiva, precedidos por uma palavra-chave relativa ao estado de espírito do conjunto de versos que se seguem.

Desta forma, começamos em “queda-livre”, seguida de uma fase de “desesperança” e depois de “resignação”.

É então hora de partir à “redescoberta”, altura em que damos conta que a poesia é ela própria um refugio dos sentidos.

Seguem-se dois poemas em que o presente é real, “momenta­neamente”.

Mas de novo a mente é assombrada por uma “obsessão”, sendo esta combatida com uma onda de “indignação”.

Inesperadamente surge uma fase de nova esperança que não é mais que “loucura”.

Cai-se por fim sobre os braços da “melancolia”, seguida da re­cuperação da “memória”, caminho para a cura, ou seja, para a aceitação e finalmente a superação.

Leituras semelhantes
ENTRE O SONO E O SONHO - ANTOLOGIA DE POESIA PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA XV - TOMO I
Favorito
ENTRE O SONO E O SONHO - ANTOLOGIA DE POESIA PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA XV - TOMO I
Vários autores
30,00
Os temas e os poemas
Favorito
Os temas e os poemas
Emílio Morais
14,00
Envelopes de papel
Favorito
Envelopes de papel
BEATRIZ CARDOSO
13,00
Eu nunca escrevi um soneto
Favorito
Eu nunca escrevi um soneto
Pedro Henrique Davalos Ramos
10,00
O livro da casa verde
Favorito
O livro da casa verde
Barata de Freitas
12,00
Nude da Alma
Favorito
Nude da Alma
Maria Branco
12,00
Memórias Escondidas
Favorito
Memórias Escondidas
Débora Raposo Matado
13,00
Eu nu plural
Favorito
Eu nu plural
Rodrigo Barros
12,00
Primeira pessoa do plural
Favorito
Primeira pessoa do plural
Ana Helena Pinto
16,00
A verdade de quem ama
Favorito
A verdade de quem ama
Lígia Laginha
13,00
vem AMOR
Favorito
vem AMOR
Joana Meira
14,00
Braga que Deus me deu
Favorito
Braga que Deus me deu
Dioclécio Campos Júnior
19,00
Pague de forma seguraPague de forma segura:
Receba em primeira mão
As nossas ofertas e novidades literárias